Indústria 4.0 no setor elétrico: o que mudou?

Blog

indústria 4.0 setor elétrico

A maioria dos conteúdos disponibilizados sobre a Indústria 4.0 são demasiadamente focados na transformação das linhas de produção de eletrônicos e automóveis, o que já está acontecendo no país. No entanto, seu impacto no setor elétrico e em vários outros segmentos também é enorme.

Embora o Brasil caminhe a passos lentos em relação aos países que são referência nesse processo, como Alemanha e Japão, a introdução de novos modelos de operação baseados em tecnologia de ponta tem sido observada em muitas regiões.

Neste artigo trazemos as principais características dessa grande revolução global e sua influência no setor elétrico atual. Continue a leitura para conferir!

O que é Indústria 4.0?

O termo “Indústria 4.0” nada mais é do que uma forma ilustrativa de tratar a reconhecida 4ª Revolução Industrial. As três primeiras revoluções da indústria foram responsáveis, respectivamente, pelo desenvolvimento:

  • mecânico: uso de máquinas e linhas de montagem para produção em massa;
  • elétrico: uso da eletricidade nas máquinas e instalações industriais;
  • da automação: automatização dos processos a partir da tecnologia da informação.

Na 4ª revolução, na qual nos encontramos agora, tecnologias de ponta prometem “dar vida” às indústrias, otimizar operações complexas, integrar sistemas e até criar organismos vivos. Seus principais pilares são:

  • manufatura aditiva: impressão 3D de componentes e produtos com desperdício mínimo de matéria-prima;
  • inteligência artificial: programação de softwares para tomada de decisão baseando-se na coleta, monitoramento e análise de dados (Big data);
  • IoT (Internet das Coisas): integração de dados e funções entre máquinas e dispositivos, permitindo que diferentes equipamentos operem juntos em um mesmo sistema;
  • SynBio (Biologia Sintética): criação de células, enzimas e circuitos genéticos artificiais para o tratamento e prevenção de doenças, bem como o desenvolvimento de produtos;
  • CPS (Sistemas Ciber-físicos): reprodução digital de objetivos físicos ou instalações industriais completas com o objetivo de aumentar o controle e a precisão das operações e das atividades de manutenção.

Quais são os impactos da Indústria 4.0 no setor elétrico?

Quando analisamos os efeitos da Indústria 4.0 no setor elétrico, percebemos que as mudanças já estão diante dos nossos olhos. Sistemas de geração de energia estão sendo descentralizados, veículos elétricos estão se popularizando e as tecnologias digitais se proliferam em um ritmo extremamente rápido.

Além dos pátios e grandes instalações industriais, residências e escritórios aderem cada dia mais a projetos de iluminação sustentáveis e inteligentes. Como se os benefícios dos dispositivos LED já não fossem surpreendentes, a procura por sistemas robustos com sensores e controladores autônomos (Smart Lighting) também aumenta.

No entanto, isso é apenas a ponta do iceberg. Como as novas tecnologias prometem aumentar as possibilidades de produção, muitas soluções inovadoras, outrora inviáveis, chegarão ao mercado.

Confira a seguir a aplicação de um projeto de Smart Ligting realizado pela Luter LED junto a empresa Krones do Brasil, líder mundial na fabricação de máquinas para envase de bebidas. 

Quais são os objetivos da Indústria 4.0?

As iniciativas apresentadas nesse grande projeto global têm um alvo comum: a otimização de processos. Ou seja, produzir mais, melhor, em menos tempo e com menos recursos.

A expectativa, portanto, é aumentar a produtividade e reduzir custos, tendo em vista a automatização e o aperfeiçoamento contínuo das atividades industriais e comerciais.

O ganho em precisão, seja no monitoramento ou na produção, favorece o desenvolvimento de novas tecnologias e também reduz despesas com eventuais ajustes e manutenções.

Há também pontos positivos em relação à segurança do trabalhador e à redução dos impactos ambientais. Robôs e máquinas serão cada vez mais utilizados em tarefas repetitivas e de risco, assim como as melhorias em eficiência prometem reduzir significativamente as emissões de gases estufa e a geração de lixo.

Tudo isso, entretanto, é só o começo. Ainda há muito o que esperar da indústria 4.0 no setor elétrico e em diversos outros segmentos do mercado. O mais interessante nesse cenário, porém, é que as transformações não são restritas às empresas e profissionais. O comportamento das pessoas já está sendo influenciado por essas inovações e, portanto, seus impactos culturais podem ser ainda mais surpreendentes.

Quer aumentar a produtividade da sua empresa agora mesmo? Então descubra como fazer isso utilizando a iluminação certa!

Acompanhe todos as novidades da Luter LED através de nossas redes sociais:  LinkedInFacebook e YouTube!

We take processes apart, rethink, rebuild, and deliver them back working smarter than ever before.