Iluminamento: saiba o que é, como medir e quais as normas

Iluminamento

Se você se interessa ou trabalha com projetos industriais ou comerciais, já deve ter ouvido falar sobre iluminamento ou iluminância, não é? Esse termo se refere a uma grandeza de luminosidade, utilizada para calcular qual a quantidade de luz ideal em um ambiente ou cômodo.

Assim, entender sobre o tema, saber encontrar o valor dessa grandeza e entender como aplicá-la no seu dia a dia de trabalho fará toda a diferença, além de tornar as recomendações e compras de materiais, como luminárias LED, mais eficientes.

Para te ajudar nesse tema, desenvolvemos este artigo completo, com tudo o que você precisa saber sobre iluminamento e suas aplicações. Basta continuar a leitura e entender mais a fundo o tema. Confira!

O que significa iluminamento?

De um modo simples, iluminamento faz referência à grandeza, ou medida, para luminosidade ou fluxo de luz incidente à superfície plana de modo perpendicular. 

Encontrar o valor do iluminamento, representado pela letra E (com unidade de medida lux (lx), que representa 1 lúmen a cada metro quadrado (lm/m2), é o mesmo que encontrar a quantidade de luz presente em um uma superfície ou plano de trabalho.. 

Com esse número em mãos, é possível identificar se a área possui luminosidade ideal ou será necessário um estudo mais apurado por um profissional de iluminação, visto que somente adicionar pontos de luz só irá resolver o problema a curto prazo, pois os usuários não conhecem sobre a depreciação luminosa de cada equipamento.

Para garantir a luminosidade ideal por um longo período de tempo, o profissional deve conhecer a depreciação luminosa de cada equipamento e elaborar um projeto luminotécnico para que a área se mantenha na norma por um período acima de 5 anos.

Afinal, nada é pior do que frequentar um local com níveis desproporcionais de luminosidade. Tanto ambientes com baixa luz, quanto aqueles com iluminação muito intensa, dando a impressão de máxima claridade, são desconfortáveis e precisam ser evitados. Com o cálculo correto, situações assim podem ser contornadas com êxito. 

Solicite a sua avaliação gratuita para o projeto de iluminação industrial!

Como são medidos os níveis de iluminamento? 

Como medir os níveis de iluminamento

Existem diferentes níveis de iluminamento, tanto para os ambientes corporativos e empresariais, quanto para as áreas internas. Porém, existe uma fórmula estabelecida para calculá-los:

E = Φ / A, onde:

  • “E” representa o total de iluminamento ou iluminância, relacionado ao fluxo de luz que incide perpendicularmente em uma superfície plana;
  • “Φ” representa o fluxo de luz, em si;
  • e “A” representa a área do ambiente. 

Este cálculo, apesar de parecer complexo aos olhos de quem não está acostumado, pode ser feito com a ajuda de um equipamento específico, o luxímetro

O que dizem as normas brasileiras sobre iluminamento?

Existem diversas normas brasileiras que regulam a questão do iluminamento e níveis de luminosidade nos ambientes. Antes, a NBR 5413 era a autoridade máxima relacionada à iluminância de interiores, demonstrada em valores tabelados para cada atividade exercida no ambiente. 

Porém, essa norma foi cancelada pela ABNT e, para estabelecer novos padrões gerais de iluminação, a Norma de Higiene Ocupacional (NHO) número 11.

Normas brasileiras de iluminamento

NHO 11

A NHO 11 foi lançada em 2018 e, um ano depois, a NR 17, que ainda fazia referência à NBR 5314 de 1992 foi atualizada. Vale a pena tirar um tempo para entender a atualização da norma NR 17 e NHO 11, para descobrir o que mudou em relação a iluminação

Conforme a Fundacentro, instituição responsável pelo lançamento da NHO 11, essa norma: 

  • “estabelece critérios e procedimentos para a avaliação dos níveis de iluminamento indicando parâmetros quantitativos (lux) e qualitativos (IRC) no âmbito da iluminação interna dos ambientes de trabalho, voltados à segurança e ao desempenho eficiente do trabalho;
  • apresenta os requisitos relacionados aos instrumentos de medição, sua calibração, que devem ocorrer com periodicidade de 12 em 12 meses com certificação aprovada por laboratórios do InMetro, e um conteúdo mínimo para a elaboração de relatórios técnicos;
  • inclui anexos para auxiliar os usuários na análise preliminar dos ambientes de trabalho e verificação de inconsistências no sistema de iluminação;
  • e conta com um exemplo prático de aplicação da norma.” 

Assim, a Norma apresenta pontos essenciais para o bom desenvolvimento de um projeto luminotécnico e para a identificação de métricas, incluindo ofuscamento,  o nível de iluminamento mínimo, IRC  e homogeneidade. 

Por que é importante fazer uma avaliação do iluminamento?

A avaliação de iluminamento é essencial para manter os ambientes seguros, responsivos e “habitáveis” ou passíveis de frequentação. Afinal, o desrespeito às normas vigentes pode causar danos à saúde dos que ocupam o ambiente com frequência, especialmente no caso de empresas ou indústrias. 

 O conforto visual dos ambientes precisa ser priorizado e levado em consideração ao desenvolver os projetos. 

Apesar de muitos não perceberem, nitidamente, o impacto que um projeto de iluminamento mal estruturado tem em um ambiente de trabalho, ele é real e pode causar distúrbios oculares e desconforto visual. 

Assim, fica clara a importância do cálculo de iluminamento ou iluminância ao desenvolver detalhes acerca do fluxo de luz em projetos. A longo prazo, uma estrutura com projeto luminotécnico ideal, desenvolvido a partir do laudo de iluminamento tende a ser mais econômica e confortável. 

Para que serve o laudo de iluminamento?

O laudo de iluminamento serve tanto para identificar a quantidade exata de iluminação necessárias em cada ambiente, quanto para corrigir e guiar novos projetos de iluminação, chamados de projetos luminotécnicos. 

Afinal, com esse laudo em mãos é possível adequar os equipamentos e sistemas de iluminação às normas brasileiras regulamentadoras e às normas de higiene ocupacional, como vimos mais acima. 

Dessa forma, é possível manter um ambiente seguro, seja ele de trabalho, lazer, vida cotidiana ou comercial. Todos os que frequentam o ambiente podem ter sua saúde ocular poupada a longo prazo, como é de se esperar de todo estabelecimento. 

A importância de um projeto de iluminação para o nível de iluminamento

Um ambiente só terá o nível correto de iluminamento se puder contar com um projeto de iluminação bem estruturado e robusto, que inclua soluções práticas e sugestões dos melhores equipamentos para serem implementados. 

É possível desenvolver projetos de iluminação personalizados, para cada segmento e área de atuação, como:

  • escritórios;
  • indústrias;
  • supermercados;
  • comércios;
  • hospitais;
  • escolas e outros. 

A importância de um projeto de iluminação para o nível de iluminamento

Basta identificar no mercado empresas competentes, com equipes bem treinadas e atualizadas, como a Luter Led, para montar o seu projeto de iluminação personalizado, conforme as suas necessidades e localização. 

Saiba como a Luter Led pode ajudar no seu projeto de iluminação!

Conclusão

Percebeu como entender sobre iluminamento, níveis de iluminação e projetos luminotécnicos não é difícil? O segredo está em buscar informações em fontes confiáveis, que realmente contenham informações sólidas. 

Caso você ainda tenha ficado com qualquer dúvida acerca do tema, sinta-se à vontade para perguntá-la nos comentários abaixo do artigo. Nossa equipe especializada responderá o quanto antes! 

We take processes apart, rethink, rebuild, and deliver them back working smarter than ever before.